PCCh inicia processo eleitoral para delegados do 20º congresso nacional

Fonte: Xinhua    19.11.2021 08h16

O Comitê Central do Partido Comunista da China (PCCh) divulgou uma circular para a eleição dos delegados do 20º congresso nacional do Partido, traçando planos abrangentes aos trabalhos relacionados.

O Departamento de Organização do Comitê Central do PCCh fez arranjos detalhados para a eleição, de acordo com um comunicado oficial publicado nesta quinta-feira.

O PCCh realizará seu 20º congresso nacional em Beijing no segundo semestre de 2022, conforme decidido pelo 19º Comitê Central do PCCh em sua sexta sessão plenária no início deste mês.

Segundo o comunicado, o evento acontece em um momento importante em que o PCCh embarcou em uma nova jornada para construir um país socialista moderno em todos os aspectos e para realizar a meta do segundo centenário. Será uma reunião de grande importância e um evento de grande significado político para o Partido e para o país.

A eleição dos delegados estabelecerá uma base importante para o sucesso deste congresso, aponta o texto.

De acordo com a liderança do PCCh, 2.300 delegados serão eleitos por 38 unidades eleitorais em todo o país, revela o documento, pedindo democracia intrapartidária e procedimentos rígidos para garantir que delegados de alto calibre sejam eleitos, sua composição seja bem estruturada e os delegados venham de uma ampla esfera com o apoio de outros membros do Partido.

Os delegados devem ser excelentes membros do Partido, assinala o comunicado, acrescentando que os padrões políticos devem ser priorizados na seleção de candidatos. O comprometimento dos candidatos com ideais e convicções deve ser considerado em primeiro lugar, assim como seu caráter político e moral.

O documento enfatiza a melhoria da composição dos delegados, com uma certa proporção para os trabalhadores da linha de frente mantida. Devem ser feitos esforços para recomendar trabalhadores, agricultores e profissionais modelos para se candidatarem às eleições. Mulheres e pessoas de minorias étnicas devem constituir uma certa proporção dos delegados.

Devem ter representações pessoas das áreas econômica, científica, defesa nacional, política, jurídica, educação, comunicação, cultura, saúde, esportes e gestão social, entre outros.

Membros e organizações rurais do Partido devem ser amplamente mobilizados para participarem da nomeação de candidatos.

A declaração também pede esforços para levar em conta os pontos de vista das organizações populares do partido, delegados aos congressos do partido, membros do partido e das massas.

Os delegados devem ser eleitos entre 15% a mais de candidatos.

As organizações do partido em vários níveis foram solicitadas a aumentarem a liderança no trabalho relacionado às eleições.

O comunicado também alerta contra violações de regras, disciplina e lei, destacando a necessidade de fiscalização de todo o processo eleitoral.

A declaração pede um trabalho sólido para fazer da eleição um processo de estudo e implementação do Pensamento de Xi Jinping sobre o Socialismo com Características Chinesas para uma Nova Era.

O texto também enfatiza a importância de motivar os membros do Partido e funcionários a se unirem mais estreitamente em torno do Comitê Central do PCCh, com o camarada Xi Jinping no núcleo.

A eleição começa agora e vai até o final de junho de 2022, de acordo com o comunicado.

(Web editor: Beatriz Zhang, Renato Lu)

comentários

  • Usuário:
  • Comentar:

Wechat

Conta oficial de Wechat da versão em português do Diário do Povo Online

Mais lidos