人民网首页

Reportagem

Opinião: a tecnologia torna os Jogos de Inverno mais esplêndidos

Por Ji Fang, Diário do Povo Vila Olímpica de Yanqing. Foto: Wang Zirui, Diário do Povo Online A tecnologia está mudando profundamente os esportes de inverno da China, de um país que estava ausente de muitos eventos em Pyeongchang, há quatro anos, para uma potência esportiva de inverno que estabeleceu equipes de todos os eventos esportivos.

Vamos trabalhar todos juntos por um futuro compartilhado!

Por Xue Yuan, Diário do Povo Online “Em pouco mais de um mês, serão inaugurados os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Inverno de Beijing. Oportunizar a mais pessoas o acesso à participação dos esportes de gelo e neve é a essência do espírito olímpico.

Beijing 2022 representa uma oportunidade significativa para promover a atmosfera de solidariedade, resiliência e cooperação internacional

Por He Yin, Diário do Povo Online Foto tirada na manhã de 4 de janeiro de 2022 mostra o presidente chinês Xi Jinping visitando o Oval Nacional de Patinação de Velocidade em Beijing em uma excursão de inspeção dos preparativos para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Inverno de Beijing 2022. (Foto: Xie Huanchi/Xinhua) Como a melodia do lema dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Inverno de Beijing 2022, Juntos por um Futuro Compartilhado, é conhecida por cada vez mais pessoas, Beijing 2022 está se aproximando.

China atinge meta estipulada para as Olímpiadas de Inverno

A cerca de três semanas dos Jogos Olímpicos de Inverno de Beijing 2022, a China excedeu o seu objetivo de envolver 300 milhões de pessoas nos esportes de inverno antes dos Jogos, com pesquisadores prevendo um futuro sustentável para o país. Graças à promoção a cerca das Olimpíadas, o crescente interesse do público e a melhoria das instalações, o número de chineses que participaram dos treinamentos dos jogos, competições amadoras ou profissionais e atividades esportivas de inverno em ambiente interno e externo chegaram a 346 milhões, ultrapassando os 300 milhões de pessoas da meta estipulada em 2015, quando Beijing ganhou a licitação, disse o órgão de esportes de inverno do governo da China em um relatório lançado na quarta-feira (12).

1 2 3 4 下一页